Tempos de conversar com o invisível.

Pois é tenho coçado muito  ultimamente apesar de tomar banho,mas eu faço  o que posso pela minha saúde, física e mental, hoje eu não lavei louça nem conversei com meus amigos imaginários, fora o Irado que não tem como escapar porque ele é matéria e matéria é corpo, sei que preciso restaurar minha cognição , meditando e relaxando sempre, cultivando o silêncio mental(Risadinha é barulhenta),minha amiga imaginária que ao contrario do Laughter(eles são o mesmo ser que trabalha no setor da minha personalidade), não para de me coçar um minuto, Lungui apareceu ontem que bom, ele disse que metafisicamente problemas com a pele tem relação com o ambiente e conflito, claro nós já lemos sobre isso,mas daí eu junto o Irado e falo : 
-Como é que eu vou ficar calma com tanta coisa feia e barulho a minha volta, calor escaldante, hora que passa quando eu só tenho cinco minutos e minuto que passa quando eu tenho meia hora entende?
Laughter&Risadinha,Lungui e Irado não estão agora nesse momento visíveis...
Agora estou calma e é super bom escrever nesse blog que eu só vou atualizar uma vez por semana e olhe lá, preciso comprar uma agenda, estabelecer metas dentro de um certo limite, anotar mais telefones, me preocupar menos com as tensões que eu sinto no ambiente, ficar de fora, ficar comigo, tirar férias psicológicas, trabalhar pelo melhor sempre e tal...Inverter o texto acima da pergunta de forma que tudo isso seja, a forma como eu me trato ou me vejo:
Eu não estou calma pois sou feia e barulhenta(Lungui disse que isso tem a ver com o passado),calor escaldante é fato(Irado disse para não esquecer de beber muito líquido entre outras coisas...),sou ansiosa e preocupada porque tenho medo de levar uma surra a qualquer momento(apanhava muito na infância), como Laughter está de folga fica difícil resolver esse assunto, já sei vou ser a observadora e cortar essas impressões psíquicas com a tesoura, certo, certo Lungu, ah é você Lau?  Isso é hora de acordar?Tudo bem vou escrever seu recado aqui, depois te deixo tomar seu café ok?
"-Muitas das impressões adquiridas até agora me tornaram uma pessoa forte por um lado mas não posso esquecer que sou a responsável por não ter dissolvido isso de forma que a tristeza ainda está no peito, não me ignorar como eu fui ignorada, não me olhar como meu pai olhava ou minha mãe que nem olhava, não sou objeto de ninguém nem da vida, não tenho patrão no mundo astral nem em parte alguma a não ser em contrato, então todos os meus amigos são companheiros invisíveis que também dependem de mim e gostam de mim." Obrigado Lau agora pode tomar seu café, ah danadinho já estava tomando né, fica por perto sempre tá?
-Á bientôt.(ele disse que á bientot é até breve em francês, Laughter adora francês mas gostou de ser Risada em inglês) fui verificar e era isso mesmo.

Postagens mais visitadas deste blog

Bora mais um dia

Meu sonho dessa noite