quarta-feira, 6 de maio de 2015

Motivos para viver

Esses dias atras eu fiz uma coisa que não teria volta se eu tivesse conseguido, passando numa rua aqui perto de casa eu colhi algumas sementes de mamona(sementes que contêm ricina altamente tóxica) fiquei muitos dias na dúvida e com vontade de tomar as 46 sementes cortadas e dar um fim a minha vida tão inútil, pois é mas eu também fiquei me perguntando, porque isso?
Uma solução permanente para algo passageiro, mas o que seria esse algo, eu não sei, estralo os dedos das mãos e não sei de onde vem essa vontade, depois de ter colocado na boca e cuspido fora eu tive a sensação de que essa  vontade  não é minha pelo menos não parece, ela foi colada nos meus neuronios, de alguma forma ela ainda não passou.
Motivos para morrer eu tenho muitos, coisas da memoria que eu queria esquecer, cansaço dessa vida porque eu já vivi bastante, tédio, mesmo tendo três gatinhas que são a minha razão de viver, posso viver por elas ou por gratidão ao Ricardo, para não trazer problemas coisa e tal.
Não penso em fazer terapia pois não ha nada que eu possa corrigir em mim, tem hora que eu me pergunto, porque eu tenho que existir? Por que eu não consigo tirar minha vida, será que eu ainda tenho instinto de sobrevivencia?Pra que serve o instinto de preservação se a minha vontade é ficar ausente por enquanto, ausente do mundo.
Tá  tudo bom, casa , comida , roupa pra lavar, minhas gatinhas meu marido, não me falta nada, é  claro que eu queria muitas coisas , principalmente coisas impossíveis como virar filha do Gasparetto ou ter super poderes, mas eu tenho consciência da minha loucura e de quanto vai ser trabalhoso para o Ricardo se eu me for agora, pensando bem ele seria mais feliz, mais livre sem mim, eu desejo que ele seja muito feliz, gostaria de ver isso onde quer que eu estivesse , no além onde não tem ninguém.