terça-feira, 30 de setembro de 2014

Dieta pa que dieta

Eu como sim estou vivendo tem gente que não come está morrendo...oia eu como mesmo sabe e sem culpa porque não tenho motivos sinceros pra não comer e esse é um dos poucos poucos prazeres que eu tenho, a vida não vale a pena sem comida, e eu sou relaxadona mesmo não gosto de trabalhar e lavar louça e fazer exercícios, fico nas minhas novelinhas de noite, novelinhas mentais, gostaria de estar de mudança, morar perto dos meus brodis, mas eu gostaria que tivesse uma casa no meu nome, de preferencia uma casa grande.
--Oi Regina tudo bem aqui é o Lungui! Você não gosta da vida que leva aqui em São Paulo?
--Oi Lungui, eu até gosto, viver com o Ricardo é a melhor coisa que poderia ter acontecido de bom na minha vida toda até agora, mas nós temos essa  casinha emprestada que é mais dele do que minha, nós não temos qualidade de vida e socego, só vivemos pra trabalhar e comer que é o unico prazer que eu tenho coisa e tal, vivemos grudados no nosso celular e tablet, mal nos relacionamos, temos pouco assunto, e tem outra se eu sair daqui agora perdo todos os meus direitos que eu não tenho entende?
--Entendo, tem muitas vantagens pra você também, o fato de poder trabalhar numa empresa que te dá os benefícios que você recebe, plano de saúde...
--Eu não queria cuidar da minha saúde, já disse em outras conversas que eu pretendo encurtar minha vida.
--Tudo porque você não tem dinheiro ou coisa assim qualidade de vida é isso?
--Também e vou passar a eternidade sendo magrinha, quero aproveitar agora e comer de tudo que tenho vontade.
--Ok! Mas você está fazendo dieta pra que?
--Pra ver se eu diminuo um pouco e também porque o triglicerides tá bem alto.
--Gordura no fígado.
--Isso mesmo e eu vou morrer em menos de cinco anos.
--Tomara.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Coisas do meu baú

Lembro aquela menina feia tão acanhada e de pé no chão...hoje tão gordurosa guarda sapato embaixo da cama e macarrão...
Menina como pude ter dor nas costa agora te empanturrei de ervilha, menina...
Ai chega ja to pensando em comida só de pensar em dieta, comida comida , comida, comida!

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Viver ou morrer

Duas escolhas que eu tenho que são as mais básicas até agora, a vida é feita de escolhas, vou ao médico pra cuidar da minha saude mas não faço isso em casa, como muita besteira por ae e me alimento pouco, meus planos para sobreviver só incluem o Ricardo, só quero viver se for por ele, tem os meus irmãos também mas quem ta comigo é que sabe das minhas lutas  diárias.
A outra escolha é deixar tudo como está e deixar eu piorar meu estado de saúde até o ponto de ficar pior do que eu já estou, com gordura no fígado, gastrite, esofagite etc...
Eu escolho fazer de tudo pra viver um pouco mais enquanto tem o Ricardo, porque depois não importa mais nada.
Isso tudo é a respeito de saúde, mas eu tenho outras escolhas relacionadas a emprego e moradia, posso arrumar um emprego no interior e largar do Ricardo, continuar sendo amiga dele, ou posso continuar vivendo aqui e tocando minha vida com ele, eu é que sei e pronto.
Posso largar meu emprego e continuar vivendo aqui sem trabalhar, posso um montão de coisas mas tem o que me prende a essas escolhas que pesam mais, queria ter a liberdade de escolher sem peso, viver ou morrer, se prender as escolhas e não sofrer, apenas ser feliz enquanto eu puder é isso ae.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Dinheiro não é tudo

Vivo aqui em São Paulo a muitos anos e como sou daqui estou acostumada ao desasocego da cidade grande, eu e meu marido trabalhamos duro para ter todas as coisas que adiquirimos até hoje e não falo só de coisas materiais mais um respeito mútuo e consideração entre nós que fomos conquistando com o passar do tempo, sei que se eu me esforçasse mais eu teria mais, só que no momento não quero me esforçar, nem pra arrumar nada que já está bom, nem pra ter mais dinheiro, só que a vida é muito curta, pretendo aproveitar o máximo dela até que a morte me separe de mim amém.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Preguiça imortal

Sempre escrevo que num vejo a hora de morre e to sempre adiando de pagar aquele plano funerário pra enterrar meus restos , no além tumulo existe um vazio que só mesmo comendo frango com batata é que dá pra preencher...
Sonhei que tava tentando salvar um professor de ser espancado e ele não tinha braço, pois é consegui, mas não sou heroina eu como frango com batata,heheheheh

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Gordura saturada no figado

Eu to com gordura no figado espero que isso seja bom, quando eu morre pena que eu  num vou mais bebe café com leite, mas em compensação eu num vou ter obrigação nenhuma, só de apodrecer e se misturar com a terra, hum já sinto o cheirinho de flor de cemitério me rondando, e o galo canta cocoricó, num vejo a hora de morrer porque isso sim é que é vida, a morte.
Doi meu rim, doi minha barriga e minha costa, minhas prima doi também e coça meu pé meu pai, minhas costa e o galo canta, gordura saturada amém aleluia gordura saturada no figado e no pancreas, no coracebo tomem.
Ter gordura no figado é ser feliz completamente e padecer no hospital tomando soro e ouvindo tosse de velho hahahahah isso é o máximino.
Num escrevo coisa com coisa, tenho gordura no coracebo e quase num respiro quando será que a morte virá me come, to morrendo de inveja de gente que morre hoje ou ontem, porque se livrar desse mundo é uma dádiva divina e hoje eu to me sentindo viva isso não é bom, preferia estar morta e apodrecendo só depois, mas eu to co corpo cheio de dor minha coluna dá aquela travada cas gordura saturada, num vou levá comida hoje.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Eu tenho 36 anos

Num to preocupada se eu to atraindo muita coisa errada pra minha vida, meu negócio é trabalhar chegar em casa e saber que foi mais um pequeno passo na luta diaria para pagar minhas contas e um dia quem sabe parar de trabalhar pois eu já to cheia de conviver com gente, eita negócio complicado prefiro um bife mal passado com queijo derretido e vinho tinto suave.
Eu quero é vida boa mesmo viver de renda e nunca mais ter que sair de casa a não ser pra gastar, passear e ir no médico, eu convivo muito bem com as minhas calorias e as cobertas, não sei pra que tenho que lutar, minha força de vontade conciste em comer comer, comer comer...
To ficando velha e cocorada, não tenho vaidade e solto pum, que nem o Pumba, queria eu dizer que as definições de neurônios foram atualizadas que agora eu voltei a estudar, emagreci 50 kilo fazendo a dieta do oba oba , leio bons livros, pratico o otimismo e atravesso velhos pela rua heheheheh, mas não eu sou uma ogra mesmo, minha preguiça só não é maior que o universo porque meu estomago é maior que aquele lanchão do restorante.
Gosto de ser durona e cagona, num presto pra nada e os outros sempre sabem mais do que eu, tenho 3.6 anus completados ontem que foi a data que em 1822 dc dom Pedro I cagou atraz da moita dizendo que o Brasil era da Regina ou morte, imagina eu ia nascer muitos anos depois, acho que meus bisavos não tinham nascido ainda hahahah.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Umas coisas e outras

Atualmente tenho trabalhado sobre muita pressão, principalmente pra ser rápida, eu odeio isso, ainda mais quando vem de funcionario que ganha a mesma coisa que eu, mas eu to evitando brigar, sempre procuro me dar bem com todo mundo pra ganhar algo em troca e eu ganho talves um pouco de compreenssão , to cheia não vejo a hora de acabar de pagar as contas e encerrar qualquer compromisso, parar de trabalhar e de me estressar também, não tenho boa vontade, to sendo empurrada pelos meus objetivos, fazendo um trabalho que eu odeio, meu salário acaba se tornando pouco e eu to incomodada com outras coisas também.
Minha vida tá sendo muito longa e eu gostaria que acabasse logo, vivo fazendo o máximo que eu posso, tipo comer bastante coisa calorica, não praticar exercícios e também fico sem tomar banho, mas se isso matasse tava bom, já tomei várias coisas também pra ver se eu consigo pelo menos piorar a minha saúde, mas tudo que eu tenho conseguido ate hoje é um monte de dor aqui e ali, muita dor, trava as costas e eu to com gordura no fígado, espero que eu não chegue nem aos 60 anos.
O motivo que me leva a ficar tão cansada é a pressão, odeio isso, não sou rapida, mas a minha vida toda as pessoas parecem que querem ver o meu cadáver, não gostaria de dar esse gostinho a quem não paga minhas contas, penso em tomar juizo, mas não quero viver e continuar sobre pressão, outra coisa que me incomoda são os velhos que pegam onibus e os cotovelos das pessoas nos onibus, isso me deixa p... da vida, eles me perseguem.
Pensei que trabalhando eu ia melhorar minha auto estima, mas eu to cada vez mais cansada, preciso de férias permanentes e talvez alguns milhões de reais, heheheheh.Não sou palhaça de ninguém pra viver sorrindo sem ter vontade, também sei que se eu pensar assim as coisas vão ficar piores,Lungui, Laughter, Chuva cade vocêis?
--Sou eu Regina!
--Ah, Irado tudo bem me dá um conselho pra hoje?
--A vida te trata como você se trata, você se empenha muito para as coisas sairem errado, principalmente dando importancia a certos cocôs.
--Brilhante vou meditar sobre isso!
--Não medite, comece já!
--La vem.